Hoje é um bom dia para morrer?

Foto by Pinterest

*COLOQUE O FONE DE OUVIDO E VÁ ATÉ O FINAL DO TEXTO: ÁUDIO DO TEXTO COMPLETO

A falta de controle… O vento forte…

As gaivotas se agitam no ar…

Hoje é um bom dia para morrer?

Uma multidão… uma mulher de costa à beira do abismo… Tudo acontece muito rápido…

Ela foi empurrada penhasco abaixo em direção ao mar revolto. É possível que você a veja caindo de costas bem lentamente… Dá tempo de olhar os olhos dos seus acusadores. Seu vestido maltrapilho se agita por causa do vento, seus longos cabelos escuros cobrem o seu rosto… 

Olhe bem o rosto de cada uma daquelas pessoas de cima do penhasco. É possível que você veja em seus semblantes medo, pavor, sarcasmo, riso, satisfação, vingança, culpa, raiva, tristeza, ressentimento, mágoa, desespero…

Quem são eles? Quem sou eu neles? 

Tem um rosto diferente ali… Mas ela não consegue ver com nitidez… Ela vê alguém se movendo… 

Mas ela está caindo… bem lentamente…

Terror… O rosto dela é indecifrável. Ninguém estende a mão, ela está caindo e olhando fixamente para os seus acusadores.

Por quê? 

Por quê?

Por quê?

Ela continua caindo, seu olhar muda de direção, a esse ponto não é possível que ela veja mais ninguém em cima do penhasco…

É nesse momento que seu olhar muda a direção para o céu azul…

Enquanto cai se lembra de Mario Quintana…

O céu está num azul tão límpido…

que me sinto perdoado nem sei de quê, meu Deus…

Ela está caindo…

Tão azul, tão bonito…

Ela está caindo e ainda que alguém mude de ideia não há como impedir a sua queda no mar profundo. 

Quem a empurrou? 

Ela está caindo… Será que irá sobreviver?… 

Ela ama viver… Ela não olha para baixo… diz em pensamentos: “Deus me entrego em um nível mais profundo”

Em seguida fecha os olhos, abre os braços de costas e se rende.

O tempo acelera, ela cai depressa, a queda não era tão alta… Uma ilusão do medo… Uma ilusão do ego…

O tempo desacelera novamente e ela está afundando lentamente, abre os olhos e se vê afundando… 

Não luta, não resiste, aceita… 

Continua afundando em águas profundas… 

Lembranças vem a sua memória, uma menininha colhendo florzinhas e joaninhas… Medo… 

Corre atrás das galinhas e deita na grama para ver as nuvens no céu… Insegurança… Imaginação… Fome… Pão ou mingau, minha fia?… Autoritarismo… Onde está o Amor?… Leite em pó… Gritos… Bolinho de chuva… Coisas sendo quebradas… O olhar da última cachorrinha… Culpa… Livros e gibis… Desespero… Paixões juvenil… Lágrimas e desesperança… Acolhimento… Sonhos destruídos… Sonhos brilhantes… Negligência… Paçoquinha e bala 7Belo… Depressão… Fôlego de Vida… Vulnerabilidade… Força…

Será que é possível ver sua história quando a morte se aproxima? 

Não há tempo para sentimentalidades. O que você pode fazer diante da falta de controle? 

Ela está afundando… Talvez você também esteja afundando… Perdeu o controle que nunca teve?

Mas a Vida pede mais…. A Vida pede mais…

Às vezes, precisamos deixar morrer quem já não somos mais para nascer o novo homem.

Eis que te dou a Vida!

Amor… Gratidão…Alegrias… Lealdade… Irmãos… Pai… Mãe… Avó… Tios e tias… Surpresas… Bondade… Misericórdia… Amizades… Alimento… Pão… Bolo… Mais irmãos… Pessoas Boas… Força… Coragem… Fé… Determinação… Compaixão… Treinamentos… Abraços… Consolo… Metamorfoses… Esperança… Perdão… Energia… Justiça… Verdade…Vida… Partilhar…

O Agora… Pureza…

Uma vontade imensa de viver… Intensidade… Estamos vivos!

Entre a criancinha e a mulher cenas da sua jornada, se solidificando e exalando um perfume desconhecido, mas reconfortante e empoderado.

Como um quebra-cabeça juntando peças, acontecimentos, circunstâncias, assim vemos um passado sendo organizado… Um Passado de muito aprendizado fazendo sentido. Sua história vale ouro, tenha orgulho dela.

Algo brilha ofertando Infinitas Possibilidades… Um Presente lúcido e assertivo… projetando para um Futuro de lindas expectativas e bençãos.

É possível compreender, ela diz:

‘Construí uma vida grande, bonita e correta’. 

Paz e reconexão. Inocência. Nossa humanidade vulnerável.

Estou me encontrando… Deus… Eu posso… Eu consigo… Nunca estou só… Eu Sou… Dói, mas insisto… Dói ainda mais… Eu posso… A dor aumenta… Eu consigo… Eu tenho escolha… Eu escolho a Vida! Escuridão. Crescimento. Grandeza de Alma…

Ela está começando a perder a consciência…

Talvez hoje seja um bom dia…

Hoje é um bom dia para deixar morrer o velho homem, os velhos comportamentos, as velhas dores do passado, os velhos pensamentos e paradigmas limitantes, as velhas crenças reconfortantes, porém mutiladoras… 

Hoje é um bom dia para matar o medo paralisante e destruir todos os muros que construímos como redomas asfixiantes que nos impedem de sentir a vida como ela realmente é.

Hoje é um bom dia para nos abrirmos para as experiências que tocam o nosso coração e alimentam a nossa alma.

Hoje é um bom dia para deixar as pessoas que nos querem bem de verdade, se aproximarem e abraçá-las em seus defeitos e lindas qualidades com leveza. Deixar que elas nos abracem também em nossos defeitos e qualidades, compreendendo que somos todos merecedores de amor, de bondade e reconhecimento. Aceitando as mãos que são estendidas a nós por vontade própria e generosidade. 

Precisamos deixar o Amor tocar e transformar os nossos corações feridos, endurecidos e sem esperança.

Precisamos nos abrir para o Amor e doar Amor, não em bajulação, mas em um Respeito Reverencial a qualquer ser humano como criação de Deus.

Hoje é um bom dia para Viver o Novo, novas oportunidades, nova mentalidade, novos hábitos e comportamentos, novos pensamentos… nova visão de mundo… O NOVO!!! 

Hoje é um bom dia para tomar decisões!

Ela alcançou a escuridão…o  oxigênio dela acabou, seus olhos se fecham… Será o fim?

Será o fim de uma vida que lutou para sobreviver aos infortúnios, aos revezes, mas que agora decidiu viver?

Será que hoje é um bom dia? 

De repente… em uma velocidade incomparável, algo atravessa a matéria… atravessa o campo das impossibilidades… Veja!

Uma Mão Poderosa atravessa o fundo do mar e a puxa para cima.

Será que ela realmente caiu? Esse seria o seu julgamento? Suas vestes foram trocadas por vestes novas e está seca?… Ela está descalça… Foi real? Seria um pesadelo enfrentar os processos dentro de nós? Será que o que está fora não está dentro? Será o que está no outro que nos incomoda, não está dentro de nós em uma parte mais profunda ou em um quarto escuro que nunca ousamos abrir a porta?

Onde estão os seus acusadores?

Quem a empurrou?

Todos estão olhando para ela… 

Todos os rostos são o rosto dela…

Os outros são ela.

Todos são ela e ela é os outros.

Vários espelhos… Sou eu… Os pontos são conectados!

Todos são ela… Um único inimigo e ao mesmo tempo a única portadora da responsabilidade de sua vida.

O vilão e o herói em um único Ser.

Ela fecha os olhos e diz:

Eu me amo… Eu me aceito…

Eu me aprovo… Eu perdoo…

Eu me perdoo… Eu sou grata…

Eu escolhi a liberdade… Eu escolhi ser livre…

Eu sou livre!!!

Então ao abrir os olhos, todos haviam desaparecido…

Um silêncio…

O vazio…

Paz…

Lá estava apenas ela e Deus… 

e mais ninguém.

O vento continua a soprar, mas agora uma leve brisa suave… não existe abismo… não existe penhasco… ou existe, quem sabe!

Ou talvez, só exista aquilo que você enxerga quando você não consegue ver de verdade…

Autoria: Paula Gouveia

Áudio do Texto (Voz Paula Gouveia)


4 comentários sobre “Hoje é um bom dia para morrer?

  1. Sob a total dependência da graça de Deus, temos a responsabilidade de cooperar com o Espírito Santo na perseguição do viver segundo o “novo homem” criado em Jesus Cristo.

    Curtir

  2.  O verdadeiro cristão, sob a total dependência da graça de Deus, tem a responsabilidade de cooperar com o Espírito Santo na perseguição do viver segundo o “novo homem” criado em Jesus Cristo. Entai que dia bom de morrer seja hoje SIM

    Curtir

  3. Reflexão impactante, importante, necessária…o novo surge e vc , com coragem escolhe…o tempo não permite desaforo!!!
    Parabéns,li,ouvi emocionada até o final do texto 👏👏👏👏

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s